LUZ E FÉ

LUZ E FÉ
LUZ E FÉ - Crédito:Renato - http://br.olhares.com/luz_e_fe_foto2844106.html

domingo, 26 de junho de 2011

Hino às Estrelas



Hino às Estrelas 

Estrelas - ninhos de vida,
Entre os espaços profundos,
Novos lares, novos mundos,
Velados por tênue véu...
Louvores à vossa glória,
Nascida na eternidade,
Sois jardins da imensidade,
Suspensos no azul do céu.

Dizei-nos que tudo é belo,
Dizei-nos que tudo é santo,
Inda mesmo quando há pranto
No sonho que nos conduz.
Proclamai à terra estranha,
Dominada de tristeza,
Que em tudo reina a beleza
vestida de amor e luz.

Quando a noite for mais fria
Pela dor que nos procura,
Rompei a cadeia escura
Que nos prenda o coração,
Acendendo a madrugada
No campo de novo dia,
Onde a ventura irradia
Eterna ressurreição.

Dai consolo ao peregrino
Que segue a mercê da sorte,
Torturado, sofredor...
Templos do sol infinito,
Descerrai a Humanidade
A bênção da Divindade
Nas bênçãos do vosso amor.

Estrelas - ninhos de vida,
Entre os espaços profundos,
novos lares , novos mundos,
Velados por tênue véu...
Louvores à vossa glória,
Nascidas na eternidade,
Suspensos no azul do céu.

(poesia do livro " AVE CRISTO,
EMMANUEL; FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER, pg,364 )
Postado por: Sônia Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.